ArtigosExperiência positiva do cliente aumenta taxa de conversão

Experiência positiva do cliente aumenta taxa de conversão

Leve, intuitivo e responsivo. Esses são os pré-requisitos para um website de e-commerce de sucesso na era do UX e CX

Comprar e vender pela internet é um caminho sem volta, num cenário em que empresas já nascem digitais e aquelas que, mantinham operações predominantemente físicas, precisaram se adaptar à transformação digital para se manterem competitivas.

O modo como as pessoas consomem, também, vem sofrendo mudanças expressivas, com uma geração de pessoas bem-informadas e mais criteriosas nas relações de consumo, levando organizações a investirem na oferta da melhor experiência ao cliente como estratégia de negócios.

Além de vender bons produtos, causar boa impressão

A Experiência do Cliente, ou Customer Experience (CX), é uma tendência global, onde as estratégias de negócios se baseiam nas percepções do consumidor sobre uma determinada empresa, a partir da interação com a marca. No e-commerce, o conceito de UX (User Experience ou Experiência do Usuário) define o conjunto de ações que tem impacto direto na taxa de conversão.

Promover uma jornada de compras feliz para o cliente vai além de bons produtos e preços atraentes. Inclui um e-commerce responsivo, adaptável de forma automática a terminais com diferentes modelos de telas e sistemas operacionais, de smartphones a televisores, com resposta rápida e usabilidade otimizada.

Interface intuitiva e navegação leve para atrair, converter e fidelizar

Conectar a marca com seu público-alvo envolve fatores humanos e tecnológicos, como interfaces amigáveis e intuitivas que facilitem operações de compra e venda. Nesse cenário, o Design UX para e-commerce é ferramenta indispensável para aprimorar a navegação, facilitando a transação comercial e estimulando o usuário a prolongar sua permanência dentro do website.

Uma experiência de consumo positiva se completa com uma interface gráfica intuitiva, visualmente confortável e de simples operação, elaborada por equipes de UI Design – User Interface ou Interface do Usuário, conceito que se soma ao Design UX no desenvolvimento de um website estruturado para atrair, converter e fidelizar clientes.

Comércio eletrônico omnichannel integrado ao mundo físico

Hoje, o segmento mobile domina o acesso ao comércio digital. Pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) aponta que 31% das vendas online são realizadas por dispositivos móveis. Do mesmo modo, ocorrem 50% das buscas locais.

A disponibilidade imediata a infinitas lojas virtuais e a possibilidade de checar em segundos a reputação de determinada marca cria consumidores mais exigentes e impacientes. Segundo dados da ABComm, 43% das pessoas migram para outros sites ao não terem suas necessidades atendidas.

Embora 93% dos usuários prefiram comprar pela internet, integrar diferentes canais digitais (omnichannel) ao mundo físico favorece a experiência do cliente, que pode, por exemplo, adquirir um bem na loja virtual para celular e optar por retirá-lo na unidade física. Tornar o processo de compra mais agradável é um ponto positivo no fechamento da venda e primordial na retenção de compradores.

E-Commerce B2B

O cenário se modifica se, ao invés de um CPF, o cliente final for um CNPJ. Nas operações entre empresas – B2B, ou Business to Business -, os valores financeiros são mais altos e o fluxo dos negócios mais longos. Dados do Google mostram que 89% das empresas compradoras realizam uma média de 12 pesquisas online antes de efetivar uma compra.

Melhor performance na nuvem

Existem diversas plataformas para desenvolvimento de lojas e-commerce, baseadas em softwares instalados e gerenciados em redes internas, ou SaaS (Software as a Service), onde o sistema fica na nuvem, acessível via internet. Essa tendência de serviços conectados apresenta desempenho superior e bom custo-benefício, por isso tem se tornado opção preferencial entre as empresas que praticam o e-commerce.

Entre os SaaS mais populares, para o e-commerce responsivo e focado na experiência do cliente, o Woocommerce se destaca por permitir o desenvolvimento de lojas virtuais dentro do WordPress, uma das plataformas líderes para construção de sites.

Basta instalar o plugin para transformar um site comum num e-commerce completo, incluindo pagamento online por diversos serviços financeiros. O plugin Woocommerce WordPress é gratuito e ainda traz recursos gerenciais como relatórios e estatísticas, proporcionando uma visão abrangente da operação de comércio eletrônico.

Marketplace amplificando potencial de vendas

Outro caminho para atrair compradores e amplificar o público é integrar a loja virtual a um marketplace, uma espécie de shopping center virtual que reúne produtos de diversos fornecedores e marcas num único endereço web. Trata-se de um espaço virtual coletivo onde diferentes lojas comercializam seus produtos em modelo colaborativo.

Nos marketplaces, o cliente utiliza mecanismos de busca para encontrar a mercadoria que necessita, comparar preços, fazer perguntas aos vendedores e finalizar o ciclo de compras efetuando o pagamento direto nas plataformas.

Equipes multimídia

Desenvolver e implantar um e-commerce de sucesso é um trabalho profissional baseado em estudos de mercado e análises de perfil da empresa e do público-alvo que envolve profissionais de diferentes áreas. Essa é uma das especialidades da Tudonanet (TNN).

A TNN é uma empresa que apoia a transformação digital entregando soluções que ajudam empresas a se comunicarem com seu público. Consulte nossos especialistas e saiba o que podemos fazer para alavancar suas vendas em e-commerce B2B e B2C.

Subir Arraste View