ArtigosLinkedIn para empresas B2B alavanca negócios e gera oportunidades

LinkedIn para empresas B2B alavanca negócios e gera oportunidades

Maior rede corporativa do mundo oferece ferramentas para geração de leads, relacionamento com clientes e realização de negócios

A publicidade na Internet continua subindo em importância para alavancagem de negócios e se consolida como core de estratégias B2B (Business to Business, ou negócios entre empresas), seja por meio de anúncios, páginas ou ações online interativas.

Nesse universo, o LinkedIn se diferencia como um ponto de encontro entre profissionais, empresas e outros agentes de cadeias produtivas inteiras dos mais variados setores, por isso mesmo é uma opção assertiva de plataforma para negócios B2B.

De todas as redes sociais, o LinkedIn é a maior comunidade profissional online da atualidade e também a mais propícia para se criar relacionamentos profissionais, seja para procurar oportunidades de trabalho, divulgar produtos e serviços, ou estreitar relações com clientes, colaboradores e fornecedores.

Segundo relatório do Business Insider, há três anos o LinkedIn é considerado a plataforma mais segura e confiável por usuários de mídias sociais. Esse é um dos motivos pelos quais, a maioria das áreas de marketing de organizações de todos os segmentos, nichos e portes já adotou a rede, lançada em 2002 e, desde 2016, sob a chancela da Microsoft, para apoio à construção da marca, engajamento da cadeia produtiva e geração de novos leads.

13 novos usuários por minuto

Os números não mentem. O LinkedIn é a sexta rede social mais utilizada no Brasil, com mais de 50 milhões de inscritos e crescimento médio de 14% ao ano. O País é o quarto maior usuário mundial da plataforma – perdendo somente para EUA, China e Índia -, que está presente em mais 200 nações e reúne, segundo seu último comunicado ao mercado, divulgado no final de 2021, 774 milhões de membros ativos, somando 130 novos usuários ao redor do globo por minuto.

Manter o público motivado é um dos principais desafios

Ancorada em pilares como propósito (qual é a função dessa comunidade?), posicionamento (como a companhia quer ser percebida?), valores (que ideias ou discussões têm sinergia com a marca?) e benefícios (qual será o ganho para os integrantes?), a comunidade digital precisa estar alinhada com a personalidade da marca, ou seja, o Marketing de Comunidade está diretamente ligado à gestão de branding, outro tema que já comentamos aqui no blog.

Para atingir os resultados esperados, esse ambiente compartilhado precisa ser alimentado com conteúdo de qualidade, associado a estratégias de relacionamento que estimulam a interação dos agentes envolvidos. Mas como conseguir se diferenciar frente à concorrência e ganhar a simpatia e confiança do usuário?

Esse é um desafio complexo, que depende de conhecimento, planejamento e criatividade. Formar um grupo de pessoas com interesses comuns é só o começo. O mais difícil é manter o interesse, a assiduidade e a interação. Para se ter uma ideia, estudo global do instituto Gartner, um dos mais respeitados do mundo, aponta que a falta de conteúdo e envolvimento com o público são a causa do fracasso de 70% das comunidades virtuais.

Uma rede com quase 3 milhões de decisores

Nesse cenário de ascensão, o Linkedin para B2B reforça sua posição como um dos principais canais de comunicação e prospecção, conectando pessoas e organizações com interesses comuns ou afinidades profissionais. Grandes empresas brasileiras e globais mantêm páginas na plataforma – que também é vitrine obrigatória para profissionais que buscam ser vistos no meio corporativo – e dividem espaço com startups e pequenos empreendimentos. Entre os brasileiros, 2,9 milhões de pessoas são decisores de negócios.

Etiqueta no LinkedIn

Como todas as redes sociais, o LinkedIn tem ecossistema próprio e regras de comportamento adequadas ao perfil do público. Esse não é um é um espaço para questões de ordem pessoal, ou discussões que não tenham perfil corporativo ou de negócios. É um ambiente mais formal, onde os membros esperam encontrar informações relevantes e fazer networking.

Marketing de Conteúdo B2B

Ao contrário das transações B2C (Business to Consumer), contadas às vendas diretas ao consumidor, o B2B tem um ciclo mais lento e detalhado. Uma gestão de conteúdo profissional, com planejamento e táticas de CRM (Customer Relationship Management) costuma trazer bons resultados, tanto em tráfego orgânico como patrocinado, na divulgação de casos de sucesso, números de desempenho, recomendações de especialistas e outras informações que reforçam a confiança na marca junto a clientes e parceiros.

Ferramentas corporativas

Para ajudar seus participantes a se destacarem com materiais de qualidade, a rede oferece ferramentas de apoio que vão desde as mais básicas como enquetes, newsletters e modo de criação para produtores de conteúdo, aos mais sofisticados, incluindo recursos de vídeo, streaming para lives e eventos virtuais, entre outros, para otimizar campanhas de vendas e relacionamento.

LinkedIn Ads como aliado dos negócios

Além disso, é possível turbinar conteúdos com o LinkedIn Ads, que oferece vários tipos de campanhas e funis de segmentação para aumentar o alcance de publicações e atrair novas conexões e potenciais clientes, multiplicadores ou parceiros.

O serviço inclui posts patrocinados, anúncios de texto, imagem e vídeo. A plataforma abrange ainda o InMail, que possibilita o envio de mensagens privadas, direcionadas ao público-alvo.

Uma via de duas mãos

Mas não basta postar! Para acelerar negócios através do LinkedIn, é preciso interagir com as conexões, atender demandas, responder perguntas e até mesmo criar ofertas personalizadas com base em informações de monitoramento, colhidas de acordo com a movimentação da página.

Pensando nisso, o LinkedIn criou funcionalidades, como o dashboard que reúne dados relacionados ao tráfego e engajamento das redes, mostrando quem visitou a página e/ou interagiu com ela, quais são os conteúdos mais acessados e outras métricas, com detalhes como dados demográficos, idade e cargo dos visitantes, o que ajuda a aprimorar os funis determinados pelo público-alvo.

Fale com quem entende e obtenha melhores resultados

Uma estratégia de LinkedIn para B2B bem sucedida é fruto de cruzamento certeiro de dados e do uso estratégico de todas as ferramentas e funcionalidades proporcionadas pela plataforma. E sua empresa pode contar com o suporte da Tudonanet, uma empresa especializada em comunicação digital

A TNN está pronta para atender companhias interessadas em implantar estratégias de LinkedIn para B2B. Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar o seu negócio com uma solução personalizada e sob medida para sua operação!

Subir Arraste View